Triângulos

Já parou para pensar nas inúmeras aplicações dessa forma e o quanto ela é utilizada? Assim como você manipula triângulos desde criancinha, a humanidade os explora desde as primeiras civilizações, utilizando-os para calcular distâncias como a da Terra à Lua, e para saber as horas, através de relógios solares.

Então, já que os triângulos são tão úteis, vamos abordar quais são seus principais tipos?

Primeiramente, a soma dos três ângulos de um triângulo é SEMPRE 180°. Se a conta não fechar, ou não está certa, ou não é um triângulo, ok? Se você quiser ver a prova disso, no final desse capítulo detalhamos melhor essa questão. Contudo, os ângulos de um triângulo podem variar, fazendo com que eles, apesar de triângulos, tenham configurações diferentes. É isso que veremos a partir de agora!

Triângulo Retângulo

Pense nesse triângulo como um retângulo cortado na diagonal. Isso significa que um dos ângulos será de 90° e os outros dois se complementam (a soma resulta em 90°, lembra?), para que, ao todo, tenhamos 180°. Consegue enxergar um triângulo retângulo (ou vários) nas gangorras da figura abaixo? Essa é apenas uma das formas de encontrá-lo no nosso dia a dia.

Triângulo Equilátero

Triângulos equiláteros possuem os três lados iguais (equi = igual, latero = lado) e os três ângulos iguais. Isso significa que seus ângulos só podem medir 60° (60° x 3 = 180°). Na imagem abaixo, em cada lado do triângulo cabem 5 bolas de sinuca; assim, temos um triângulo equilátero.

Triângulo Qualquer

Percebe que o telhado da construção da figura é bastante irregular, certo? Então, um triângulo qualquer, além de ter medidas de lados diferentes, possui ângulos diferentes.

Agora que você já sabe quais são os tipos de triângulo, vamos dar uma olhada no relógio de sol da figura abaixo.

Ao centro, temos um triângulo retângulo que, conforme a luz do Sol incide, forma uma sombra, indicando o horário. Genial, né?

Para saber mais, veja também: