Lei de Hess

O químico e médico suíço Germain Henry Hess foi um dos pais da Físico-Química. Estudou os calores das reações químicas e a relação deles com a afinidade química e as forças de ligação. Como já sabemos, a entalpia é uma função de estado, por isso, não depende dos caminhos entre os estados inicial e final. A Lei de Hess foi desenvolvida experimentalmente e tem por definição: a entalpia total da reação é a soma das entalpias das etapas em que as reações pode ser dividida.

Por exemplo: a reação A → D não acontece em apenas uma etapa, e, para descobrir a entalpia dessa reação, pode-se utilizar a entalpia de cada etapa elementar (A → B, B → C e C → D). Assim:

∆H1 = ∆H2 + ∆H3 ∆H4

Vamos fazer mais um exemplo: imagine água se transformando do estado líquido para o gasoso. Faremos essa reação em um etapa e em duas etapas:

A soma das entalpias das etapas equivale à entalpia da única etapa.

Cálculo da Entalpia de Reação

Ao iniciarmos o exercício envolvendo Lei de Hess, devemos lembrar que o objetivo é manejar as reações das quais conhecemos a entalpia de forma que sua soma fique igual à reação da qual queremos encontrar a entalpia. Algumas regras devem ser utilizadas para calcular a entalpia através da Lei de Hess:

► Ao multiplicar a estequiometria da reação, a entalpia também deve ser multiplicada pelo mesmo valor;

► Ao inverter o sentido da reação, o sinal da entalpia também será invertido.

Vamos resolver juntos um exercício para entendermos como calcular a entalpia de uma reação:


Sabendo as entalpias das reações abaixo, qual seria a entalpia da reação

Para saber mais, veja também: