Introdução à Isomeria e Reações Orgânicas

Olá, amigos do MeSalva! Neste capítulo, vamos estudar dois conteúdos muito importantes da Química: o fenômeno de Isomeria, que nos faz entender que nem tudo o que parece igual, na realidade, é; e vamos entrar no mundo das reações químicas, como e porque elas acontecem (ou porque elas explodem!).

Quando duas ou mais substâncias diferentes possuem a mesma fórmula molecular, mas diferem nas suas propriedades e fórmulas estruturais, elas são ditas isômeros. O fenômeno da isomeria é muito comum na química orgânica, pois, no estudo dos compostos feitos de carbono, vemos a quantidade imensa de formas, ligações e agrupamentos diferentes que eles podem fazer. Para se ter uma ideia, os 20 carbonos da fórmula molecular C20H42 podem se agrupar de modo a formar 366.319 compostos diferentes.

Já as reações orgânicas são, assim como a isomeria, uma parte fundamental da química e muito presente na nossa rotina. Reações orgânicas são usadas na construção (síntese) de novas moléculas que podem, mais tarde, serem usadas como remédios. A produção de muitas substâncias do nosso dia a dia, tal como garrafas PET, depende de reações orgânicas. São elas as responsáveis pela produção, também, de drogas.

Agora que vocês já se ligaram em como essas matérias estão totalmente presentes na nossa vida, que tal estudar um pouquinho e entender mais sobre o assunto?

Vamos começar com Isomeria!

Para saber mais, veja também: