Introdução à Estequiometria

Olá! Olá! Olá!

Neste capítulo, vamos abordar um tema bem bacana chamado ESTEQUIOMETRIA. Analisando a formação desta palavra, percebemos que ESTEQUIO significa quantidade e METRIA, medida, então estequiometria é o estudo da quantidade necessária de reagentes e/ou produtos nas reações químicas. Entender este tópico é muito importante e ele tem um peso muito grande no ENEM e nos vestibulares.

Agora, vem aquela clássica pergunta de estudante: “mas, na vida real, por que isso é importante?”

Para responder a essa pergunta, suponha que você é um adolescente e está cheio de espinhas e cravos no rosto. Então, você vai a um dermatologista e ele receita uma pomada específica para sua pele, daquelas que não se encontra em uma farmácia convencional. Logo, é necessário ir a uma farmácia de manipulação onde o farmacêutico prepara os medicamentos de acordo com a prescrição médica. Você pensa: ele vai ao laboratório, mistura algumas coisas, faz um creme, coloca em um potinho e te entrega, certo? VOCÊ ESTÁ ENGANADO!!

Além de saber qual a natureza do princípio ativo na pomada, o farmacêutico deve prestar atenção em uma coisa: qual a quantidade necessária para a sua eficácia quando aplicada?

Digamos que a medida de um tubo de pomada é em 40 g. Se ele fizer 50 g, por exemplo, terá prejuízo. Já se fizer 35 g estará enganando você, pois você precisa de 40 g para seu tratamento. Então, caro estudante, para coisas básicas como esta é que o estudo das relações estequiométricas é importante.

Para saber mais, veja também: