Impressionismo

Período: século XIX

Olhe através da sua janela. O céu é de um azul intenso e as nuvens completamente brancas? Ao olharmos atentamente, descobriremos tonalidades cinzentas ou amareladas na nuvens. Se for de manhã ou no final da tarde, se há chuva ou não, tudo isso altera a maneira como enxergamos as cores ao nosso redor. Esse novo modo de percepção dos efeitos luminosos foi a grande revolução proposta pelo Impressionismo. Inspirados pelas pinturas de Monet, os impressionistas levaram ainda mais adiante a revolução artística iniciada por ele, como podemos notar na pintura abaixo:

A mesma catedral foi representada em diferentes horas do dia, e para realizar esta série de pinturas, Claude Monet precisou de muita persistência. Em primeiro lugar, foi necessário sair do seu local de trabalho convencional, chamado de ateliê, e estar realmente diante da catedral naqueles momentos específicos do dia, tais como o amanhecer, o começo da tarde, o final do dia e assim por diante.

Além disso, as tonalidades da catedral mudavam muito rapidamente, o que obrigava o artista a executar as pinturas o mais rapidamente possível, a partir das suas impressões. Em outras palavras, a partir das tonalidades que ele acreditava identificar. Esse aspecto inacabado das pinturas impressionistas, que hoje admiramos, não agradou o público e os críticos daquela época. Para eles, é como se os artistas não tivessem “terminado” as pinturas por preguiça ou incapacidade.

Principais características do Impressionismo:

► Realização de pinturas ao ar livre, e não mais no interior do ateliê.

► Efeito de inacabamento, em virtude das pinceladas rápidas.

► Uso de cores luminosas, claras, sem o uso de tonalidades muito escuras.

► Desejo de registrar os diferentes efeitos luminosos percebidos.

Pós-Impressionismo: Os artistas classificados como Pós-Impressionistas foram aqueles que tiveram uma fase inicial como Impressionistas (ou com uma certa influência desse movimento em suas obras) e, posteriormente, seguiram estilos particulares. Dentre os muitos artistas que podem ser classificados nesta categoria, destacamos as produções de Paul Cézanne, e sua geometrização das formas, Vincent Van Gogh, na deformação das imagens e Paul Gauguin, no uso de cores intensas. Período: final do século XIX e começo do século XX.