Conceitos Importantes

Quando falamos em Ecologia, temos que pensar em alguns conceitos importantes para o estudo dessa área. Vamos entender melhor o que significa espécie, população, comunidade, ecossistema, habitat, nicho ecológico, biótopo, ecótono e biosfera.

Devemos levar em conta os seres vivos e não vivos que habitam nosso planeta, como interagem entre si e o significado dessa interação. Dessa forma, a Ecologia estuda os organismos, que são os indivíduos de uma espécie; as populações, que são vários indivíduos da mesma espécie vivendo em um determinado local em um determinado intervalo de tempo; as comunidades, que são várias populações vivendo no mesmo local; e os ecossistemas, estudo que abrange todos os seres vivos e o ambiente, no caso os fatores abióticos como água, luminosidade, ph e sais minerais de uma região e como eles se relacionam entre si.O lugar que o organismo ocupa no ecossistema é denominado habitat, e o modo de vida do organismo (forma de interagir com os demais componentes do ecossistema) é chamado de nicho ecológico. Chamamos de biosfera o conjunto de todos os ecossistemas do planeta, esse é o maior nível de organização ecológica. Bioma é o conjunto de diferentes ecossistemas em um determinado local com características específicas, como o clima, a fisionomia da flora, o solo e a altitude.

Exemplo de um nicho ecológico.

Nos ecossistemas, a matéria e a energia não se mantêm intactas, elas seguem diferentes processos de utilização. A energia proveniente do Sol é transferida de um organismo para o outro, iniciando pelos autótrofos, e segue um fluxo unidirecional; a matéria, por outro lado, segue um ciclo e é constantemente reciclada por seres específicos para realizar esse processo.

Esquema dos níveis de organização de um ecossistema.

Os ecossistemas são compostos por uma porção biótica (a comunidade viva) e outra abiótica (os fatores químicos, físicos ou geológicos). Os componentes bióticos são os organismos autótrofos e os heterótrofos. Os seres vivos considerados autótrofos também são conhecidos como produtores, pois são capazes de sintetizar matéria orgânica rica em energia a partir da luz solar (através da fotossíntese) ou de compostos inorgânicos (através da quimiossíntese). Os heterótrofos, por sua vez, são conhecidos como consumidores ou decompositores, pois não conseguem produzir sua própria matéria orgânica e, por isso, precisam se alimentar. Herbívoros (heterótrofos), por exemplo, consomem plantas (autótrofas) para obter energia.

Há constante intercâmbio de matéria e de energia entre as populações que compõem um mesmo ecossistema (e também entre ecossistemas diferentes) por meio dos ciclos biogeoquímicos e das cadeias tróficas. Vamos falar um pouco sobre cada um desses processos a seguir!