Cálculo Envolvendo Reagente em Excesso

Devemos sempre estar atentos à quantidade de reagentes que temos presente em nossa reação. Muitas vezes, um reagente pode estar em excesso e outro em menor quantidade em relação à enunciada pela equação da reação química.

O reagente em menor quantidade em relação à estequiometria é chamado “limitante”, já que é ele que determina a quantidade de produto obtida ao final da reação. Vamos considerar uma situação, para facilitar a visualização dos conceitos:

Um aluno foi preparar uma solução salina. Como ele estava com preguiça de fazer os cálculos estequiométricos, ele resolveu pesar quantidades aleatórias de reagentes.

Ele utilizou 60 g de NaOH e 55,5 g de HCl e misturou em água. No entanto, quando um papel tornassol azul é inserido, ele adquire a cor vermelha, indicando que o pH do meio está ácido. Como conferir se é mesmo verdadeira essa hipótese?

Antes de mais nada, devemos calcular as massas molares. NaOH= 40 g/mol e HCl = 36,5 g/mol

Como a relação estequiométrica é de um mol de NaOH para um mol de HCl, já sabemos que para cada 40 g de NaOH serão necessários 36,5 g de HCl para um rendimento de 100% de produto, certo?

Concluímos que serão necessários para esta reação 54,75 g de HCl. Como o aluno utilizou 55,5 g dele, temos um excesso e 0,75 g deste reagente.

Para saber mais, veja também: